Esqueci a senha

Esqueci minha senha

Digite seu e-mail abaixo que enviaremos
um link para criação de uma nova senha.

Blog

Aqui no Blog do sistema Gendo compartilhamos conhecimento. Não apenas sobre nossa plataforma, mas também dicas valiosas para seu negócio.

21nov 2013

Dicas de Beleza

MENOPAUSA e os efeitos sobre a pele

O uso contínuo de dermocosomético com matérias-primas específicas pode amenizar e reverter as manchas, desidratação, rugas e flacidez que o período da menopausa causa a sua pele.

Menopausa efeitos sobre a pele

Já não basta os sintomas típicos e desagradáveis que a menopausa causa nas mulheres de 45 a 50 anos, como as ondas de calor, aumento de gordura na região da barriga, tristeza etc, ela também mexe com outro item de extrema importância para o público feminino: a vaidade.

Durante essa fase, a mulher tem maior propensão à flacidez, manchas, ressecamento e rugas. Entretanto, embora a grande maioria das mulheres não saiba, os dermocosméticos manipulados com potentes e específicos ativos, associados a hábitos e dietas saudáveis, são relevantes para prevenir esses malefícios e até mesmo reverter as consequências negativas pós-menopausa.

Tudo acontece em pouco tempo. Com a queda dos níveis de hormônio causada pelo climatério (período que antecede a menopausa), a alteração estrutural na pele é significativa. Há diminuição de estrogênio – hormônio feminino – que afeta a quantidade de colágeno na pele e resulta na redução de firmeza e elasticidade. “A pele seca e as rugas se tornam mais numerosas e acentuadas. Para agravar, nos cinco anos posteriores a menopausa, ainda há uma diminuição de colágeno por volta de 30%, depois segue na faixa de 2% ao ano”, comenta a cirurgiã-plástica Dra. Gabriela Gomes, que sempre prescreve dermocosméticos para potencializar o resultado dos seus procedimentos.

Sem dúvida, além do acompanhamento médico com o especialista, a mulher pode recorrer à dermatologia para amenizar e reverter os efeitos na pele. Os dermocosméticos, quando bem prescritos, podem ajudar muito. O mais indicado é utilizá-los a partir dos 25 anos de idade, quando começam surgir os primeiros sinais do envelhecimento, que são intensificados durante a menopausa.

“Hoje, nas farmácias de manipulação, há ativos multifuncionais que possuem compatibilidade entre si e podem atuar juntos contra todos os sinais de envelhecimento, num único produto, o que ajuda a otimizar os resultados”, diz a Claudia Coral, Farmacêutica da Galena – empresa líder na importação e distribuição de matérias-primas para farmácias de manipulação e indústrias farmacêuticas e de suplementos nutricionais.
Seguem algumas sugestões de ativos que podem fazer parte da sua formulação cosmética antes e durante a menopausa
*Flacidez: É necessário repor colágeno. O COLLYSS® e o Cartidyss®, de origem francesa, por exemplo, são ricos em polissacarídeos, importantes para hidratação e sustentação, o que ajuda a aumentar a densidade (ou espessura) da pele, além de ser essencial na formação do colágeno. É possível, também, associar com Adifyline, que repõe a gordura facial, cuja perda é muito comum durante a menopausa.

Menopausa efeitos sobre a pele


*Manchas: A pele deve receber o ano todo despigmentantes permitidos no verão, para mantê-la uniforme e livre das hiperpigmentações. Dentre vários ativos, indica-se o Ume (não é exatamente um despigmentante, mas, sim, um antiglicante), pois, durante a menopausa, aumenta a glicação (ligação de açúcar à proteína, diminuindo a funcionalidade da proteína como o colágeno). Quanto maior a glicação, maior a coloração acinzentada na pele.

*Rugas: Para prevenir o aparecimento e diminuição das rugas, é importante a associação de ativos com ações diferentes, assim é possível potencializar os efeitos dos produtos rejuvenescedores com produtos que agem na epiderme e na derme, tais como, Cohesium, Structurine, Menofit, Telosomyl e Instensyl.

*Desidratação: Ativos utilizados na hidratação: Sk Influx, Fucogel, Rhamnosoft, Lipomoist Hydra, Xpertmoist, Efaderma (esses ativos podem ser utilizados na face e corpo para a hidratação profunda e duradoura da pele).

“O médico dermatologista tem o conhecimento de todos os ativos específicos para proteger e recuperar a pele. É imprescindível associar o produto ao protetor solar e, se possível, para complementar, usufruir dos tratamentos via oral, como o Oli Ola (peeling em cápsulas), que é considerado um potente antioxidante que previne manchas, rugas, flacidez e desidratação”, conclui a Claudia.

Fonte: Claudia Coral – Farmacêutica.

A Galena é uma empresa líder na importação e distribuição de matérias-primas para farmácias magistrais e indústrias farmacêuticas, alimentícias e veterinárias. – www.galena.com.br

SuperAgendador.Com – Sistema online para gestão de clinicas estéticas, salões de beleza e esmalterias.

 

 

Lucre mais $$$ organizando seu negócio com o sistema Gendo!

 

Comentários